Certificações do Mercado Financeiro e Como Obtê-las

Os certificados do Mercado Financeiro estão ganhando mais força a cada dia, no Brasil. Eles abrangem um conteúdo bem detalhado e específico, que foca em cada uma das áreas que os diferentes profissionais podem querer atuar. As certificações, também, apresentam uma espécie de “status” que funciona como se fosse um selo de qualidade para os profissionais que as obtém.


Para melhor entender as características de cada uma das principais certificações que existem no mercado financeiro e, também, o que fazer para obtê-las, primeiramente vamos listar quais são elas e em seguida iremos discorrer sobre cada uma. Elas são 6: CPA-10, CPA-20, CNPI, CFP, CGA e CEA.


1. CPA-20 (Certificado Profissional ANBIMA)


Atualmente, a Certificação Profissional ANBIMA é a mais conhecida e também a mais comum no mercado financeiro. Normalmente, são exigidas a funcionários de instituições financeiras que tem como uma das principais atividades o relacionamento com o cliente.


O CPA-20 é indicado para os profissionais que trabalham com a prospecção e a venda de produtos financeiros para as pessoas que investem um valor igual ou superior a 300 mil reais, que são atendidos nos seguintes segmentos: Varejo Alta Renda, Private Banking, Corporate e Investidores Institucionais.


Como obter?


Antes de saber como obter, é importante estar ciente das características do exame.

O CPA-20 não tem nenhum pré-requisito, qualquer um pode fazer a prova. Além disso, o exame é computadorizado, composto por 60 questões e tem duração máxima de 2h30 (duas horas e trinta minutos). Para ser aprovado, é necessário conseguir uma pontuação igual ou superior a 70% (42 ou mais acertos).


A inscrição é feita através do site da ANBIMAwww.anbima.com.br .Para inscrever-se, basta ir na área “Educar”, selecionar “CPA-20” e, dentro da página que abrir, ir no quadrante “Inscreva-se na CPA-20”.


2. CPA-10 (Certificado Profissional ANBIMA)


Assim como o CPA-20, o CPA-10 é também exigido a funcionários de instituições financeiras. Por sua vez, é um exame um pouco mais recente, que visa atender os mesmos profissionais que o exame CPA-20, mas que negociem com pessoas que investem um valor mais baixo (menos de 300 mil).


Como obter?


Antes de saber como obter, é importante estar ciente das características do exame.


O CPA-10 não tem nenhum pré-requisito, qualquer um pode fazer a prova. Além disso, o exame é computadorizado, composto por 50 questões e tem duração máxima de 2h (duas horas). Para ser aprovado, é necessário conseguir uma pontuação igual ou superior a 70% (35 ou mais acertos).


A inscrição é feita através do site da ANBIMAwww.anbima.com.br .Para inscrever-se, basta ir na área “Educar”, selecionar “CPA-10” e, dentro da página que abrir, ir no quadrante “Inscreva-se na CPA-10”.


3. CNPI (Certificado Nacional do Profissional de Investimento)


O principal objetivo desse exame é elevar o nível dos profissionais de investimentos do Brasil, colocando-os em padrões internacionais de qualidade.


Aplicado ela APIMEC (Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais), o público-alvo desse exame são, principalmente, os especialistas em análises e emissão de relatórios.


Para entender melhor: se você é cliente de uma corretora de valores e já leu indicações de ações para comprar, análises fundamentalistas sobre empresas e até mesmo sobre o mercado como um todo, a pessoa que escreveu esses relatórios expondo a sua opinião, tem que ter o CNPI (por ordem até mesmo da CVM – Comissão de Valores Mobiliários).


Essa certificação, porém, se divide em três tipos diferentes: CNPI (feita para analistas fundamentalistas), CNPI-T (específica para analistas técnicos) e a CNPI-P, que é a mais completa – direcionada para analistas técnicos e fundamentalistas.


Para o empregador, a vantagem em contratar um profissional CNPI, é o fato de poder contar com um funcionário que está comprovadamente capacitado tecnicamente para exercer seu trabalho tanto dentro como fora do país, além de ter a garantia de que seu colaborador foi submetido a umcontrole rigoroso de um Código de Conduta Profissional.


Como obter?


Antes de saber como obter, é importante estar ciente das características do exame.

Para que o profissional obtenha o certificado, ele deve ser aprovado nos seguintes exames:


4. CB – Conteúdo Brasileiro – fase comum tanto para o analista fundamentalista como para o técnico e o pleno.


É uma prova com duração máxima de duas horas, composta por 60 questões de múltipla escolha e aborda as seguintes matérias: Sistema Financeiro Nacional, Mercado de Capitais, Mercado de Renda Fixa, Mercado de Derivativos, Conceitos Econômicos, Conduta e Relacionamento, Governança Corporativa, Relações com Investidores e Sustentabilidade.


CG1 – Conteúdo Global 1 – fase para o analista fundamentalista


É uma prova com duração máxima de duas horas, composta por 60 questões de múltipla escolha e aborda as seguintes matérias:Análise e Avaliação de Ações e Finanças Corporativas (30 questões), e Contabilidade Financeira e Análise de Relatórios Financeiros (30 questões).


CT1 – Conteúdo Técnico 1 – fase para o analista técnico


É uma prova com duração máxima de duas horas, composta por 60 questões de múltipla escolha e aborda as seguintes matérias: Fundamentos da Análise Técnica; Teoria de Dow, Conceito de Tendência, Figuras Gráficas, Teoria das Ondas de Elliott, Padrões Candlestick;Indicadores, Gerenciamento de Risco, Estratégias Operacionais e Trading Systems.


Ao final da realização das provas, o profissional que for aprovado no CB e no CG1, será certificado com o CNPI (recomendações através de relatórios de análise fundamentalista); osque forem aprovados no CB e no CT1 serão certificados com o CNPI-T (recomendações através de relatórios de análise gráfica); e aqueles que forem aprovados no CB, no CG1 e no CT1 serão certificados com o CNPI-P (que permite recomendações através de relatórios de análise fundamentalista e/ou gráfica).


Todas as informações para inscrição e material de apoio e estudos, você encontra no site www.apimec.com.br, e a inscrição é feita no site http://www.fgv.br/certapimec.


5. CFP(Certified Financial Planner)


A certificação CFP é um atestado de excelência em planejamento financeiro que vale em qualquer lugar do mundo, a credencial de “Certified Financial Planner” é a mais desejada e também a mais respeitada globalmente para todos aqueles que demonstram total comprometimento com a prática feita de forma competente e a ética acerca do planejamento financeiro.


Como obter?


Antes de saber como obter, é importante estar ciente das características do exame.


É uma prova com 140 questões de múltipla escolha, que pode ser realizada em um único dia, com duração de 7 horas e 5 minutos, ou em módulos (6 no total), que devem ser completados em até 24 meses. A prova abrange as áreas de conhecimento: Planejamento Financeiro e Ética, Gestão de investimentos, Planejamento da Aposentadoria, Gestão de Riscos e Seguros, Planejamento Fiscal e Planejamento Sucessório.


Para ser aprovado, o candidato deve obter um aproveitamento total superior a 70% (98 questões), e também o mínimo de 50% por módulo.


Para se inscrever, basta ir no Site www.planejar.org.br, na aba “A certificação CFP”, e selecionar a opção “Exame”.


Nesta página, deve ser selecionado o quadrante “próximos exames” e selecionar a data que desejar.


6. CGA(Certificado de Gestores ANBIMA)


Diferente das outras certificações oferecidas pela ANBIMA, a CGA é um exame para quem quer exercer as atividades relacionadas à gestão profissional de recursos de terceiros; ou seja, se você quer atuar como um gestor de um fundo de investimento, esta certificação é obrigatória.


Como obter?


Antes de saber como obter, é importante estar ciente das características do exame.


Para realizar este exame não há nenhum pré-requisito – qualquer um pode fazer a prova e obter essa certificação. A prova é composta por dois módulos, sendo 3 horas para cada módulo e são avaliadas 60 questões em cada um deles. Para ser aprovado, é necessário um aproveitamento superior a 70% (42 ou mais acertos em cada módulo). Importante ressaltar que os módulos podem ou não ser realizados no mesmo dia. Dessa forma, há a possibilidade de a certificação ser obtida em um único dia.


Dentro de cada módulo, há um grupo de matérias que são aplicadas. Muito abrangente, o exame dá ao candidato profundidade em temas muito importantes do mercado financeiro, como: Econometria, Corporate Finance, Renda Fixa, Renda Variável, entre outros. Dentro de cada módulo, especificamente, as máterias são:


Módulo I – Métodos Quantitativos, Mercados, Análise de Relatórios Financeiros, Economia, Finanças Corporativas, Investimentos no Exterior, Derivativos, Ética, Renda Fixa, Renda Variável e Legislação e Regulação.


Módulo II: Teoria Moderna de Carteiras, Modelos de Precificação, Finanças Comportamentais, Processo de Gestão e Política de Investimento (InvestmentPolicyStatement – IPS), Formação de Expectativas, Alocação de Ativos e Rebalanceamento, Gestão de Carteiras – Renda Variável, Gestão de Carteiras – Renda Fixa, Investimentos Alternativos, Avaliação de Desempenho, Gestão de Risco.


A inscrição para a realização da prova é realizada através do www.anbima.com.br. Para inscrever-se, basta ir na área “Educar”, selecionar “CGA” e, dentro da página que abrir, ir no quadrante “inscrever-se”.


7. CEA (Certificação de Especialista em Investimentos ANBIMA)


A certificação CEA dá aos profissionais o direito de indicar produtos financeiros. Ela, especificamente, foi criada para certificar os profissionais que auxiliam (na parte de investimentos) os gerentes de conta de clientes pessoa física em investimentos, e também traz a credibilidade de que a pessoa que obtém o certificado é capacidade para exercer a função em questão.


Como obter?


Antes de saber como obter, é importante estar ciente das características do exame.


O CEA não tem nenhum pré-requisito, qualquer um pode fazer a prova. Além disso, o exame é computadorizado, composto por 70 questões e tem duração máxima de 3h30 (três horas e trinta minutos). Para ser aprovado, é necessário conseguir uma pontuação igual ou superior a 70% (49 ou mais acertos).


A inscrição é feita através do site da ANBIMAwww.anbima.com.br .Para inscrever-se, basta ir na área “Educar”, selecionar “CEA” e, dentro da página que abrir, ir no quadrante “Inscreva-se na CEA”.

14 visualizações

© 2019 por Capital 360.